França, Tecnologia

Uma megaincubadora de start ups

A Station F, talvez a maior incubadora de start ups do mundo, fica em Paris e acolhe empreendedores em cerca de três mil estações de trabalho. Conta com 26 programas internacionais de acompanhamento e reflete o programa do atual governo francês de estímulo à economia digital que tende a dominar o ambiente de trabalho num futuro próximo.

As principais imagens que vêm à mente quando se pensa em visitar Paris são a Torre Eiffel e o Arco do Triunfo. Ok, são ícones atemporais da cultura francesa, locais de peregrinação turística. Pouco a pouco, no entanto, outras atrações da cidade vão conquistando a atenção dos visitantes mais curiosos, a exemplo da Station F, talvez a maior incubadora de start ups do mundo.

O espaço de 34 mil metros quadrados conta com cerca de três mil estações de trabalho, 26 programas internacionais de acompanhamento, espaço maker, restaurante, quatro cozinhas, café e bar que funcionam ininterruptamente, oito espaços para eventos, uma quadra de tênis no rooftop, 30 banheiros com chuveiro, 60 salas de reunião e 100 apartamentos para uso compartilhado.

A magnitude das instalações reflete o programa do atual governo francês de estímulo à economia digital que tende a dominar o ambiente de trabalho num futuro próximo.

Faça o tour virtual

Estão disponíveis no site da instituição links para um tour virtual, com muitas apresentações também em língua inglesa. Já as visitas presenciais podem ser feitas nos dias úteis, entre 11h30 às 12h30. Pode-se ingressar em algum grupo ou reservar tours exclusivos para empresas e instituições, em grupos de até 15 pessoas. Na planta baixa das instalações são indicadas (na cor rosa) quais as áreas são abertas ao público. Boa parte é área privativa das start ups residentes, tendo por isso acesso restrito.

Espaço maker

O TechLab da Station F possui um espaço maker gerenciado pelos Ateliers TechShop da Leroy Merlin, destinado às as start ups do ramo de Internet das Coisas (IoT), e oferece acesso a impressoras 3D e máquinas de corte a laser. Não é coincidência que a Leroy Merlin tenha criado em sua unidade brasileira em São Paulo (Marginal Tietê) um espaço maker com impressoras 3D construídas por uma empresa brasileira.

Também estão disponíveis na Station F serviços públicos destinados a simplificar a vida das start ups, no espaço denominado French Tech, onde é possível fazer contato com cerca de 30 instituições ligadas a financiamento, regulamentação de mercado, cooperação internacional, propriedade industrial, pesquisa científica etc. A agenda de workshops gratuitos apresenta temas pra lá de interessantes para quem quer empreender no mercado francês. Que tal aproveitar a sua viagem para saber mais um pouco sobre como funciona o ecossistema empreendedor en France?

Quer aprender francês pra saber ainda mais?

www.francesmais.com

Publicado por Hellen Souza

Meu nome é Hellen Souza, sou jornalista e francófila, ou seja, adoro a cultura francesa. Aqui você encontrará informações sobre o que acontece atualmente nesse país que já foi berço de transformações sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

seis + 16 =